PISOS ??? QUAL ESCOLHER ???

 

Uma dúvida muito comum entre quem está pensando em reformar a casa é a diferença entre pisos laminados, bastante utilizados atualmente, e os clássicos pisos de madeira. O carpete de madeira também entra nessa confusão, pois há alguns anos subitamente inundou o mercado nacional.

Vamos entender então um pouco das características de cada um desses revestimentos, para que você possa escolher o tipo de piso mais adequado para sua casa com segurança.

Pisos de madeira

Os pisos de madeira são divididos em uma série de produtos diferentes. Em comum, eles possuem o fato de serem de madeira natural, em toda sua composição, ainda que de diversas espécies diferentes. Existem pisos de cumaru, peroba, ipê, amêndola, tauari, carvalho, entre muitos outros. Há diferenças sobre a resistência e dureza dessas espécies, que podem ser averiguadas em lojas especializadas. Geralmente os estabelecimentos possuem uma escala com a resistência de cada uma das espécies com que trabalham.

Tacos, assoalhos e parquets são alguns dos nomes de diferentes pisos de madeira, e a diferença entre eles tem a ver com a espessura e largura das ripas (tábuas) de madeira que compõem o piso e também por sua forma de aplicação. Suas espessuras variam, geralmente, entre um e dois centímetros e meio, dependendo do tipo de acabamento. É possível ainda realizar diversos desenhos ou paginações com os diferentes formatos de piso. No inicio do século 20, esse tipo de trabalho era muito apreciado em construções brasileiras. Muitos exemplos dessa tendência em piso resistiram até os dias de hoje.

Algumas vantagens dos pisos de madeira são: alta resistência ao tempo, possibilidade de raspagens que deixam o piso quase novo após anos de uso, conforto térmico, agradável sensação ao usuário, entre outras. As desvantagens que podem ser mencionadas são o custo alto desse tipo de material e o tempo de aplicação, que pode ser bastante inconveniente caso o proprietário esteja morando no imóvel durante a reforma, por exemplo.

Carpete de madeira

Este piso trata-se de uma folha de madeira natural, bastante fina, colada e prensada a uma base de madeira processada, como compensado, aglomerado, mdf ou similares. Geralmente o carpete de madeira é bem mais fino do que os pisos de madeira maciça, com algo em torno de cinco a sete milímetros.

O carpete de madeira é usualmente instalado com bastante facilidade ao contrapiso e funciona como um piso flutuante: Ao contrário dos pisos de madeira, ele não é colado ou parafusado ao piso, mas sim apenas colocado sobre uma manta de separação, e preso um ao outro por meio de encaixes do tipo macho e fêmea. Nas bordas é aplicado um rodapé que arremata o revestimento, evitando que ele saia do lugar.

Enquanto a rapidez de aplicação do sistema e preço são suas grandes vantagens, as desvantagens estão relacionadas à baixa durabilidade em relação a outros pisos, ruído característico (uma espécie de som “oco” ao se caminhar sobre ele – existem marcas que possuem soluções especiais para minimizar essa questão) e péssima resistência a água.

Pisos laminados

Ainda que existam pisos laminados aplicados diretamente ao contrapiso por meio de colas, iremos tratar daqui dos pisos laminados de alta resistência com base, ou seja, os pisos comuns de mercado que geram dúvidas entre os outros revestimentos aqui abordados.

O piso laminado é muito similar ao carpete de madeira – o sistema de aplicação e a base são bastante similares. A grande diferença, no entanto, diz respeito ao revestimento final, a superfície em que o usuário pisa. Enquanto no carpete de madeira o acabamento é em folha de madeira, aqui o piso é revestido de algo chamado laminado melamínico (ou fenólico). Esse revestimento é mais conhecido no Brasil pelo nome de um de seus principais fabricantes, a Fórmica.

A grande confusão que ocorre é porque os fabricantes usam laminados que possuem estampas de madeira – São laminados melamínicos que imitam madeira, de forma surpreendentemente real. Mas é um material que poderia ser colorido, ou ter uma estampa, por exemplo.

A vantagem desse tipo de piso, além do mencionado nos carpetes de madeira, é que se desenvolveu uma alta tecnologia para a fabricação desses produtos e o resultado é realmente bastante bom em termos de encaixe e aparência final. A durabilidade é maior do que a dos carpetes de madeira, por causa do laminado e do acabamento do laminado (um processo chamado overlay, mais durável que o verniz do carpete de madeira), porém menor do que a do piso de madeira. As questões de ruído persistem, com algumas melhoras.

Como podemos ver, o importante é saber o que se deseja de um piso: é apenas resolver um problema rapidamente? Colocar algo barato com a aparência de madeira? Um piso nobre, que dura a vida toda, altamente resistente? Pense nessas questões e escolha seu piso!

Fonte:

http://casaeimoveis.uol.com.br/tire-suas-duvidas/arquitetura/quais-as-diferencas-entre-pisos-laminados-carpetes-de-madeira-e-pisos-de-madeira.jhtm

Burgundy está em alta na decoração

Burgundy não é só tendência na moda. A cor de vinho derivado da região da Borgonha também incrementa a decoração. Quer apostar? Então, confira abaixo dicas da arquiteta Orlane Santos e inspire-se em projetos e produtos.

foto-1-jvilhora7284 foto-2-jvilhora7329 foto-3-denisemonteiropanamby1 foto-5-cabeceira-ambientada foto-6-b79601 foto-8-poltrona-plazastill foto-10-325963

1. É uma cor quente, que traz calor e aconchego e combina com ambientes elegantes, sofisticados, ousados, modernos e praianos, com muita madeira.

2. Que tal uma sala totalmente branca com poltronas e almofadas em burgundy? Um local bege com uma peça nesta cor também ganha destaque.

3. É possível combinar o tom a outras cores chamativas. As melhores apostas são amarelo, laranja, azul e verde-esmeralda. Mas é sempre válido fazer testes antes de comprar objetos ou tintas coloridas.

4. Para quem tem receio de pecar pelo exagero, vale a pena começar a investir na cor em peças menores, como em almofadas e quadros abstratos. “Mas acredito e ouso dizer que o bacana mesmo é quando você consegue evidenciar a cor ou deixá-la com o papel principal do ambiente”, opinou a arquiteta.

Andrea

COZINHA EM FORMA DE CORREDOR

A cozinha é o ambiente de reunião de uma casa. É muito bom receber os amigos e a família para uma refeição. E talvez por isso, muitas pessoas tem o desejo que esse lugar seja enorme. Nos apartamentos é muito comum que as cozinhas venham em um formato minúsculo, como se fosse um corredor. Parece difícil decorar esse pequeno espaço, mas você vai quer que pode ter uma cozinha singela e ao mesmo tempo maravilhosa e prática.

 O grande segredo para as “cozinhas corredor” é apostar na decoração vertical. Você pode abusar dos armários e módulos na parede, em todos os cantos, e até em cima da porta se for preciso. A ideia é encontrar espaço para acomodar todos os itens, deixando tudo organizado e livrando espaço do balcão e da área de circulação. Para facilitar o manuseio na cozinha, você pode deixar os eletrodomésticos mais usados próximos a pia.Além de prático, deixe um clima mais moderno e despojado à decoração.

 Como todo ambiente pequeno, você deve tomar um cuidado especial com a iluminação. Muitas vezes não é possível ter grandes janelas para a entrada de luz natural, por isso, uma dica é aplicar luzes nos módulos e prateleiras. Dessa forma fica mais fácil de enxergar na hora do preparado dos alimentos. Mesmo com pouco espaço dá pra criar uma decoração usual e cheia de charme. Experimente!

apartamento_pequeno5 coz-peq-corredor-via-boligmagasinet2 galley-kitchens-01

1

ADESIVOS

ADESIVOS NA GELADEIRA????

Você está cansado do visual da sua cozinha, porém o orçamento não permite uma reforma ou uma troca geral no mobiliário? Não tem problema! Aqui vai mais uma solução simples, barata e muito divertida: adesivar a geladeira. Essa moda tem conquistado todo mundo e aparece para dar uma alegria nova ao ambiente, renovar a peça ou simplesmente colocar cor na cozinha. Pequenas mudanças sempre tem a capacidade de encher os espaços de charme e originalidade.

131 218 321 420 518 618 715 815

As opções de adesivos são inúmeras. Desde vários adesivos pequenos apenas para dar cor no branco da geladeira, até imagens que cobrem a por inteiro. Os desenhos e as cores também podem ser encontradas em diversas alternativas. Para quem deseja criar um clima muito divertido na cozinha, eles são excelentes e econômicos. E por serem feitos de papel vinílico, os adesivos são resistentes as ações de tempo e sempre que você desejar pode remove-lo e trocar por outro sem problemas.

Abaixo segue também adesivos e alguns sites onde você pode comprar:

adesivo-de-geladeira-casal-de-pinguim-com-casal-filhotes adesivo-de-geladeira-po-po-po-popopo-galinha-po-de-cafe adesivo-para-geladeira-casal-de-girafas-girafinhas adesivo-para-geladeira-copo-de-cerveja-cerveja adesivo-para-geladeira-olha-o-regime- adesivo-para-geladeira-parafuso-e-porca adesivo-para-geladeira-termometro-conteudo-de-geladeira

Esses acima você pode encontra no link: http://www.franadesivos.com.br/

Além desse tem pra todos os gostos desde os divertidos, os mais reservados, grandes, pequenos, coloridos, preto e branco, frases ou texto. Procure o que identifica mais com sua personalidade e cozinha.

file_1_31 file_1_56 file_7_67 file_11_41 file_14_204

Esses acima você pode encontra no link: http://www.adesix.com.br/

geladeira9 geladeira22

 

 

Esses acima você pode encontra no link: http://www.adesivoweb.com.br/

Se você procura por preço o lugar mais em conta é o da Fan Adesivos.

Aproveitem..e boa compra…

Postado por Andrea

 

 

 

GELADEIRAS ANTIGAS

Você tem uma geladeira velha em casa? Ela funciona, mas não está mais bonita? Não tem problema! As geladeiras antigas, quando ganham uma repaginação, se transformam em um item poderoso de decoração. Seus traços diferentes trazem para os ambientes um clima vintage, deixando a decoração muito mais charmosa. Se você gostaria de ter essa peça na sua cozinha, mas não tem uma geladeira para reformar, podem encontrar em diversas marcas e modelos, geladeiras novinhas com um visual retrô, porém o preço é bastante salgado.

A melhor opção, realmente, é investir em uma reforma. Que além de ser mais barato se torna uma atividade muito divertida. Pensando nisso, nós trazemos aqui algumas dicas de como dar up no visual da sua geladeira velhinha, para deixar a sua casa muito mais original. Quer saber como? Então, fique de olho que a gente ensina tudo!

16 65 55 3626

DICAS PARA REFORMAR GELADEIRAS ANTIGAS

A primeira coisa que deve ser feita é mandar a geladeira para uma revisão com um profissional especializado, para que ela funcione perfeitamente, como deve ser. Depois disso, é só colocar as mãos para trabalhar com a parte externa. Então vamos às dicas de como deixar a geladeira antiga com aspecto de novo, sem abandonar o estilo retrô:

Antes de pintar, é importante que a geladeira seja lixada. Como a peça é antiga, há grandes chances de a tintura estar velha e descascada. Dessa forma, você garante que a nova pintura dure por muito mais tempo e fique muito mais bonita. Terminado de lixar, o próximo passo é revestir as partes metálicas e os puxadores da geladeira com um plástico para não correr o risco de serem pintados junto.

Para pintar você tem duas opções: tinta ou spray. A primeira é muito mais barata, porém dá mais trabalho, são necessárias duas demãos de tinta e é preciso ficar atento para que ela não escorra e comprometa a pintura. O spray tem fácil aplicação e seca super rápido, porém é necessário usa-lo fora de casa, pois pode manchar os móveis e a parede.

A reforma básica de uma geladeira consiste basicamente na sua pintura, o resto é com você. O lugar onde ela vai ser inserido e a decoração que ela vai receber contam muito para embelezar ainda mais a peça.

Postado por Andrea